Abin usou programa secreto para rastrear localização de pessoas, afirma jornal

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) operou um sistema secreto de monitoramento da localização de cidadãos em todo o território nacional durante os três primeiros anos do governo Bolsonaro. A informação foi divulgada em reportagem do jornal O Globo no dia 14 de março.

Ainda segundo a reportagem, a ferramenta, chamada ‘FirstMile’, permitia, sem qualquer protocolo oficial, monitorar os passos de até 10 mil proprietários de celulares a cada 12 meses. O monitoramento era possível em aparelhos que usam as redes 2G, 3G e 4G. Para localizar um indivíduo, bastava digitar o número do seu contato telefônico no programa e acompanhar em um mapa a última localização.

Clique aqui e receba notícias na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

Como a China usa o Zimbábue para expandir modelo de vigilância

Vazamento de dados, privacidade e vigilância sob a ótica da LGPD

Google paga milhões para encerrar processos por rastreamento de usuários

Desenvolvido pela empresa israelense Cognyte (ex-Verint), o ‘FirstMile’ se baseia em torres de telecomunicações instaladas em diferentes regiões para captar os dados de cada aparelho telefônico e, então, devolver o histórico de descolamento do dono do celular. De acordo com a reportagem, era possível ainda criar alertas em tempo real para determinado tipo de movimentação.

O Globo cita relatos de funcionários segundo os quais a prática suscitou questionamentos internos na Abin, uma vez que a agência estaria usando dados privados que não possui autorização legal para acessar. De acordo com a reportagem, o caso motivou a abertura de investigação interna. Procurada pelo O Globo, a Abin disse que o sigilo contratual a impede de comentar o caso.

Veja também

Agro e Ambiental

Plataforma AdaptaBrasil apresenta dados sobre riscos climáticos para ferrovias e rodovias

Pela primeira vez, mais de 100 mil km de rodovias e ferrovias federais brasileiras foram objeto de avaliação sobre riscos climáticos. O levantamento apresentado nesta quarta-feira (18), em Brasília (DF), considerou os principais impactos diretos na infraestrutura de transporte em todo o território brasileiro. Os mapas de risco climático estão

Geo e Legislação

Os cuidados com seus dados pessoais na rede e fora dela

Em matéria para o site Tilt, o coordenador da área de direito e tecnologia do ITS Rio, Christian Perrone, dá dicas importantes para se evitar problemas como invasão de contas, roubo de dados do cartão de crédito e até riscos à segurança física. Segundo ele, precisamos estar atentos e cautelosos

Não perca as notícias de geoinformação