Análise automatizada do CAR evitará fiscalização subjetiva de propriedades rurais

Imagem: WikiImages – Pixabay

De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, a partir de outubro, a análise e aprovação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Estado passará a ser feita de forma automatizada pela equipe técnica dos órgãos competentes. Segundo especialistas em Direito Agrário consultados pelo Jornal Dia Dia, de Mato Grosso do Sul, além de maior agilidade na verificação das informações do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar), a medida reduzirá a subjetividade da análise, garantindo mais segurança a proprietários de imóveis rurais.

O novo processo será realizado pelo cruzamento geoespacial das informações que proprietários ou possuidores rurais declaram nos CARs com as bases de dados temáticas obtidas por sensoriamento remoto. O próprio sistema apontará a adequação da propriedade ao código florestal e se o imóvel precisa recuperar Áreas de Preservação Permanente (APP), de uso restrito (AUR) ou Reserva Legal (RL).

Leia mais aqui.

Post Author: Geocracia