Angra lança geoportal SIGA Web

O Setor de Geoprocessamento da Secretaria de Planejamento e Parcerias de Angra dos Reis apresentou o Sistema de Informações Geográficas (SIGA Web), disponível em http://siga.angra.rj.gov.br/, ferramenta que engloba módulos específicos para diversas secretarias, abrangendo áreas como Assistência Social, Habitação, Mobilidade Urbana, Gestão de Projetos, Defesa Civil, Turismo, Agricultura e Pesca, Educação, Planejamento, Finanças, Saúde, Água e Esgoto, e Patrimônio Imobiliário.

A versão de acesso público do SIGA Web oferece à população informações geográficas do município, incluindo detalhes sobre vias públicas, topografia, vegetação, hidrologia e ocupação do solo em todo o território municipal. Todas as imagens disponíveis no site foram capturadas durante sobrevoos pela cidade.

Gostou desta notícia? Clique aqui e receba na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

Rondônia lança GeoPortal, plataforma de compartilhamento de geoinformações estaduais

Honduras: ICF lança Geoportal para compartilhamento de informações em ciências espaciais

Mendoza, na Argentina, apresenta geoportal

O SIGA Web também promete contribuir significativamente para a comunidade acadêmica, sendo uma ferramenta valiosa para instituições de ensino, como o curso de Geografia da UFF no Polo Jacuecanga.

O projeto conta com uma versão offline em um aplicativo interativo para uso exclusivo da Defesa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Regional e outras, que possibilita cadastros de informações e anexações de fotos e vídeos.

A partir de análises obtidas por meio de diversas tecnologias, como a modelagem do terreno da cidade em três dimensões, o projeto tem beneficiado também áreas como: a logística de transporte, para a construção de novas rodovias e ruas; o sistema de água e esgoto, para a realização de obras de dragagem; e o ordenamento do espaço público, para a construção de novos empreendimentos.

Benefícios diretos ao cidadão

O site tem uma relação clara com a cidadania, pois possui o objetivo de se tornar uma ferramenta usada no dia a dia por todos os moradores da cidade. A partir dele, o cidadão poderá se instruir de diversas informações práticas, como os nomes reais de ruas, as localidades de zoneamentos urbanos, os tipos de construção que pode realizar em seu lote, os detalhes do território que habita e a localização de escolas, unidades de saúde, escolas e CRAS em seu bairro.

O sistema tem disponível para download uma base cartográfica do município em alta resolução com grande quantidade de detalhes e informações territoriais essenciais para o exercício pleno da cidadania.

Em que o SIGA já ajudou

O serviço, em desenvolvimento desde 2017, já auxiliou a gestão pública e outras secretarias em diversas ações, como na regularização dos logradouros, identificação de CEP e colocação de placas em cruzamentos e esquinas; no mapeamento dos pontos críticos de risco junto ao Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro (DRM); na regularização da área para a futura construção do Condomínio Cidadão em Monsuaba; no desenvolvimento das peças técnicas que embasam a regularização da Regularização Fundiária Urbana (REURB); na digitalização de antigas plantas de áreas públicas municipais, na regularização de terrenos junto à Procuradoria-Geral do Município e em diversos projetos do Município em parceria com o governo estadual e o federal.

Com informações da Prefeitura

Veja também

Não perca as notícias de geoinformação