Artur Gil: Conheça os marcos Geo da ONU

Fonte: ONU

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas é constituída por 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS, “SDG” em inglês) e foi aprovada em setembro de 2015 por 193 membros, resultando do trabalho conjunto de governos, organizações e cidadãos de todo o mundo para criar um novo modelo global de desenvolvimento sustentável que consiga fazer face aos grandes desafios ambientais e socioeconómicos com que nos deparamos atualmente, nomeadamente a erradicação da pobreza e iliteracia, a proteção ambiental e a mitigação e adaptação às alterações climáticas (https://sdgs.un.org/goals). A estes 17 ODS, estão associados 69 alvos específicos (“targets”) e 232 indicadores de execução e monitorização.

Tendo uma parte relevante destes indicadores uma natureza de carácter geoespacial, o uso de dados e técnicas de Observação da Terra (OT) torna-se assim fundamental e estratégico para alcançar uma monitorização mais objetiva, robusta e transparente.

Em 2017, a iniciativa GEO (“Group on Earth Observation” – https://www.earthobservations.org/) produziu um relatório que ilustra de que modo a OT pode apoiar melhor o Desenvolvimento Sustentável global (ver notícia explicativa em https://earthobservations.org/geo_sdgs.php e relatório técnico em https://www.earthobservations.org/documents/publications/201703_geo_eo_for_2030_agenda.pdf).

Mais recentemente, em 2020, a Agência Espacial Europeia (ESA) publicou, no âmbito do seu projeto “EO for SDG”, e em estreita colaboração com a iniciativa “EO4SDG” da GEO e do “CEOS Ad-Hoc Team on SDGs”, um compêndio sobre o uso de OT para ODS, intitulado (na sua versão original em inglês): “EARTH OBSERVATION FOR SDG – Compendium of Earth Observation contributions to the SDG Targets and Indicators” (ver comunicado de imprensa em https://eo4society.esa.int/2021/01/15/compendium-of-eo-contributions-to-the-sdgs-just-released/ e compêndio/relatório técnico em https://eo4society.esa.int/wp-content/uploads/2021/01/EO_Compendium-for-SDGs.pdf).

*Artur Gil é Investigador em Ciências e Tecnologias Geoespaciais no Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos (IVAR) da Universidade dos Açores (Ponta Delgada, Portugal)

Post Author: ugeda