Artur Gil: Spot e Planet liberam, para uso livre, histórico de imagens com resolução espacial

Imagem: Spot 5 (CNES – ilustração D. Ducros)

O CNES – Centro Nacional de Estudos Espaciais da França anunciou recentemente a disponibilização pública dos seus arquivos históricos de dados adquiridos de 1986 a 2015 pelos sucessivos satélites Spot 1, 2, 3, 4 e 5, com resolução espacial (crescente com a evolução dos respectivos sensores) de 20 a 2,5 metros e nível de processamento L1A (correção radiométrica), no âmbito do programa Spot World Heritage.

Leia também:

Com o patrocínio da Iniciativa Climática e Florestal Internacional da Noruega (NICFI) e o objetivo de melhor monitorar e combater desmatamentos em florestas tropicais de todo o planeta, foram também recentemente disponibilizadas para uso público mosaicos semestrais de imagens Planet das regiões tropicais da África, América e Ásia adquiridas entre dezembro de 2015 e agosto de 2020, com resolução espacial de 4,7 metros. Desde setembro de 2020 até agosto de 2022 e para essas mesmas áreas geográficas estão também sendo disponibilizados de forma gratuita mosaicos mensais de imagens Planet com a mesma resolução espacial (4,7 metros).

Veja aqui como obter os dados do Spot.

Veja aqui como obter os dados do Planet.

*Artur Gil é investigador em Ciências e Tecnologias Geoespaciais no Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos (IVAR) da Universidade dos Açores (Ponta Delgada, Portugal)

Post Author: Geocracia