Atlas on-line de João Pessoa já tem 3 mil acessos/dia

Imagem: Atlas Filipeia (reprodução)

O Atlas Filipeia, plataforma on-line desenvolvida pela Prefeitura de João Pessoa (PB) com diversas informações, imagens e mapas sobre a capital paraibana vem tendo uma média de 3 mil acessos por dia. Lançado em julho do ano passado e compatível com os sistemas operacionais Windows e IOS, o atlas é navegável por computador, tablet ou celular e fornece dados de interesse profissional, acadêmico e de gestão úteis a gestores públicos, conselhos profissionais, empresas, entidades civis, universidades, engenheiros, arquitetos e urbanistas, geógrafos, cartógrafos, advogados, professores, estudantes e aos cidadãos, de forma geral.

Responsável técnico pelo Atlas Filipeia, Carlos Ribeiro, considera a ferramenta um divisor de águas na estrutura do geoprocessamento da cidade, pois disponibiliza uma série de informações acessíveis pela Internet, dispensando que as pessoas precisem ir fisicamente a repartições públicas para solicitá-las. Ele conta que o dado mais buscado é sobre os mapas de quadra, com informações detalhadas sobre as quadras de todos os bairros da capital: “É possível, por exemplo, saber se é predial ou territorial, ou seja, se tem construções ou se apenas o terreno. É excelente para os profissionais da área de imóveis e para os cartórios”, afirma.

A diretora de Geoprocessamento e Cadastro da Secretaria de Planejamento (Seplan), Jordana Coimbra, conta que uma informação bastante acessada é o Inventário de Pavimentação, que permite ao cidadão saber cada rua da cidade com pavimento em asfalto, em paralelepípedo ou que não foi ainda calçada.“As pessoas querem saber como está a situação das ruas em que moram, quais os projetos de calçamento em andamento no bairro. Com isso, acaba aquela lenda urbana de que determinada rua consta como calçada na prefeitura, mas nunca recebeu pavimentação”, pontua.

Leia também:

Outra demanda importante diz respeito aos dados geográficos, muito buscados por estudantes, arquitetos e engenheiros para fazerem seus projetos, e que antes precisavam ser pedidos à Secretaria de Planejamento Municipal (Seplan).

Mas o Atlas Filipeia conta ainda com mapas especiais: uma linha do tempo, onde é possível comparar a João Pessoa do passado com a de hoje, e um mapa especial com a evolução da cidade em diversos momentos históricos, desde 1647 (imagem no alto da página).

Fonte: Prefeitura de João Pessoa

Veja também

Não perca as notícias de geoinformação