Brasil, Suriname e Guiana Francesa compartilham plataforma digital com dados de ecossistemas fronteiriços

Imagem: Maick25 – Pixabay

Pesquisadores de todo o mundo podem acessar documentos e informações sobre a biodiversidade dos rios Oiapoque, na fronteira entre Amapá e a Guiana Francesa, e Maroni, que separa a Guiana Francesa do Suriname. Co-financiada pela Comissão Europeia, Ministério da Transição Ecológica e Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES), plataforma Bio-Plateaux está configurada em português, inglês e francês.

Leia mais aqui.

Veja também

Entrevistas e Artigos

Meninas da Geo: O mercado Geo na Amazônia está bem aquecido

A professora do Instituto Federal do Pará (IFPA), campus Castanhal, Tatiana Pará Monteiro de Freitas foi eleita recentemente como uma das lideranças em ascensão pelo evento Geospatial Word 50 Rising Star. Líder das Meninas das Geotecnologias, ela é a única brasileira em uma publicação composta por 50 jovens lideranças de 30

Não perca as notícias de geoinformação