Buracômetro: Avança app que fiscaliza ruas por cartografia colaborativa

Um recente aplicativo chamado “Buracômetro” está se expandindo rapidamente em todo o Brasil, permitindo que os cidadãos denunciem problemas de infraestrutura em suas cidades por meio de uma abordagem de cartografia colaborativa. Com esta ferramenta, os usuários podem compartilhar informações detalhadas, incluindo a localização em tempo real e fotos, a fim de criar um mapeamento preciso e atualizado dos problemas estruturais em suas áreas.

O aplicativo também reúne estatísticas baseadas nos registros feitos pelos usuários, onde são listados os bairros com mais problemas. A ideia é que as notificações recebidas no aplicativo sejam repassadas à prefeitura pela equipe responsável pela plataforma.

Gostou desta notícia? Clique aqui e receba na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

Labgis/UERJ: Cartografia colaborativa precisa de mais política pública, não só novas tecnologias
Thierry Jean: “Cartografia colaborativa é mais barata, mais precisa e mais flexível”
Marco Marsitch: Código de Endereço Geodigital: por um plano nacional de localização

Idealizado pelo deputado federal Amom Mandel (Cidadania-AM), o aplicativo é uma ferramenta por meio da qual a população terá nas mãos o poder de fiscalizar a gestão municipal e enviar denúncias relacionadas aos problemas de infraestrutura de cada cidade. O aplicativo chegou a municípios de todas as cinco regiões brasileiras, por meio de parcerias com parlamentares locais, empresários e ativistas sociais interessados na implantação da ferramenta.

No Norte, além das capitais amazonense, roraimense e paraense, também está em funcionamento em Santarém (PA), Feijó (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Presidente Figueiredo (AM) e Paraíso do Tocantins (TO). Já no Nordeste, a população dos municípios de Itamaraju (BA), Bela Cruz (CE), Caruaru (PE), Caucaia (CE) e Maranguape (CE) podem contribuir para a fiscalização dos municípios por meio do aplicativo.

Na região Sudeste, a ferramenta está disponível para a população dos municípios de Bela Vista (MG), Osasco (SP), Votorantim (SP), Cambuquira (MG), Elias Fausto (SP), Americana (SP), Planura (MG), Rio Claro (SP), Botelhos (MG), Barbacena (MG), Brumadinho (MG) e Poços de Caldas (MG). No Centro-Oeste, nos municípios de Anastácio, Aquidauana e Bela Vista, todos no estado de Mato Grosso do Sul. E na região Sul do País, o aplicativo está disponível em Londrina (PR).

Disponibilizado gratuitamente para os sistemas operacionais Android e IOS, o Buracômetro concentra as denúncias relacionadas à falta de infraestrutura nos municípios, como os buracos em vias públicas. O envio das informações detalhadas, como localização em tempo real e fotografias, permite a realização de um mapeamento com dados reais e atualizados dos problemas estruturais de cada município e, posteriormente, as demandas são enviadas às respectivas prefeituras.

Veja também

Infra e Cidades

Cidades convergentes: por uma real interoperabilidade urbana

As cidades convergentes representam uma nova visão de planejamento urbano para criar espaços mais eficientes, inclusivos e sustentáveis. Elas têm uma importante repercussão tecnológica, ao buscar a integração de diferentes aspectos da vida urbana, como transporte, moradia, trabalho, lazer e serviços em plataformas centralizadas e interoperáveis.  Com os atuais desafios

Não perca as notícias de geoinformação