Caraguatatuba faz mapeamento terrestre 360º para gestão da Geoinformação

Imagem: Geopixel

Desde o dia 10 de setembro, a empresa Geopixel está realizando o mapeamento móvel terrestre 360º (streetview) de vias e logradouros públicos, além de áreas de acesso comum em condomínios de Caraguatatuba, no litoral de São Paulo.

A iniciativa marca o início da segunda fase do Sistema Municipal para Gestão da Geoinformação (Siggeo), que irá refazer todo mapa digital urbano com a atualização de dados cadastrais, criação de novos mapas vetoriais e levantamentos de dados em campo por mapeamento móvel terrestre 360º e aerolevantamentos (imagens aéreas). A primeira fase, em 2019, envolveu a aquisição e instalação do software de geotecnologias com licenciamento perpétuo.

Leia também:

Com uma câmera acoplada, um veículo da empresa faz, a cada cinco metros, fotos panorâmicas (360°), registrando todo o entorno de forma contínua e garantindo o registro fotográfico georreferenciado detalhado de ambientes urbanos e rurais mapeados.

As informações coletadas vão possibilitar à cidade de Caraguatatuba uma gama de benefícios, desde a inspeção de vias (pavimentação, sinalização, uso etc), levantamento de ativos públicos e fiscalização de posturas, cadastro imobiliário e uso do solo nos espaços urbanos, até a fiscalização e o levantamento de árvores da cidade.

O Siggeo consiste em um sistema de gerenciamento de dados geográficos e multifinalitários para as secretarias que necessitam de ferramentas de geolocalização, sensoriamento remoto, geoprocessamento e espacialização de informações.

Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba

Veja também

Geo e Legislação

Maior floresta do mundo será monitorada por câmeras

Lançado com êxito há poucos dias, o satélite Amazonia 1 tem como uma das suas maiores missões impedir a devastação da maior floresta do mundo. Mas o feito, que coloca o Brasil em um seleto clube de 20 países que dominam o ciclo completo de satélites, tem objetivos mais abrangentes

Não perca as notícias de geoinformação