Cartógrafos famosos e seus mapas brilhantes

Cartógrafos famosos
Cartógrafos famosos: Abraão Ortelius e o Mapa da Islândia, de (1587) – imagem: domínio público (Wikimedia Commons)

Edmilson Volpi*

Escrevendo para o site da Fundação Europeana, sua ex-editora comunitária, Annapaula Freire de Oliveira, destaca o trabalho dos primeiros e notáveis mestres da cartografia. Cartógrafos famosos que combinaram ciência, arte e tecnologia para produzir mapas que marcaram a história. Apesar de sua precisão, os mapas distorcem e continuam a distorcer a representação da superfície terrestre. No entanto, desde os primeiros tempos, os estudiosos têm produzido mapas na tentativa de refinar sua técnica e nos guiar em áreas como agrimensura, propriedade de terras e navegação marítima.

Buondelmonti

Cristoforo Buondelmonti (1386 – 1430) foi um padre franciscano italiano célebre por seu conhecimento em primeira mão da Grécia e pelo trabalho histórico-geográfico do Liber insalarum Archipelagi (1420). Abaixo, destaca-se desta obra um mapa da ilha de Andros. Talvez simplista aos nossos olhos, em seu tempo, ele liderou a inovação da cartografia nos esboços e descrições que os acompanham, combinando nessas descrições informações dos clássicos gregos e latinos com autêntico conhecimento náutico, demográfico e político.

Cartógrafos famosos: Cristoforo Buondelmonti e o detalhe da Ilha de Andros no Liber insalarum Archipelagi, de (1420) – imagem: Biblioteca Britânica.

Leia também:

Blaeu

Willem Janszoon Blaeu (1571 –1638) foi um cartógrafo holandês, fabricante e editor de atlas. Fez parte da escola holandesa de cartografia em sua Era de Ouro (séculos XVI – XVII). Abaixo, é possível apreciar dois belos mapas de Blaeu, hoje documentos históricos. Para retratar o ambiente em que se inseriam os continentes da Ásia e da América, Blaeu utilizou navios e monstros marinhos.

Cartógrafos famosos: William Blaeu e seu Asia Noviter Data, do início do século 17 – imagem: Biblioteca Nacional de Singapura (Wikimedia Commons)
Cartógrafos famosos: Cristoforo Buondelmonti e seu Americae Nova Tabula, de William Blaeu, do início do século 17 – imagem: domínio público (Wikimedia Commons).

Ortelius

Outro cartógrafo que fez uso de monstros marinhos em seus mapas foi o flamengo Abraham Ortelius (1527 – 1598), também geógrafo e criador do primeiro atlas moderno, o Theatrum Orbis Terrarum (Teatro do Mundo). No mapa da Islândia de 1587 que ilustra o topo da página você pode ver representações de baleias e criaturas marinhas monstruosas, ursos brancos (uma imagem pouco conhecida na época) e até erupções vulcânicas.

Mercator

Talvez o mais influente dos cartógrafos, o geógrafo flamengo Gerard Mercator (1512 – 1594) tornou-se famoso por desenvolver uma projeção cartográfica na qual cálculos matemáticos traduziram o mundo 3D em uma superfície 2D. Abaixo, um mapa que utilizou a projeção de Mercator.

Cartógrafos famosos: Michael e Gerard Mercator e o América sive Índia nova ad magnae Gerardi Mercatoris avi universalis invitatione, de 1631 (domínio público – Wikimedia Commons).

Leia aqui o artigo original e aqui a tradução no Curiosidades Cartográficas.

*Edmilson M. Volpi é engenheiro Cartógrafo e editor da página Curiosidades Cartográficas no Facebook Instagram

Veja também

Geo e Legislação

As missões espaciais de 2022

Europeus vão explorar Júpiter, russos voltam à Lua e NASA começa missão para criar base lunar permanente.

Geo e Legislação

Edmilson Volpi: A verdadeira origem das bizarras fronteiras da Gâmbia

A Gâmbia, o menor país do continente africano, tem um formato diferente de qualquer outra nação do mundo. É longo e fino, com apenas 48 km de largura nos pontos mais largos. Parece que alguém tentou enfiar o dedo no Senegal, que circunda a Gâmbia por três lados. O único

Não perca as notícias de geoinformação