Centro de Geoinformação do Exército conclui trabalho pioneiro na Bahia

Imagem: reprodução do BDGEx

O 3º Centro de Geoinformação do Exército acaba de entregar 1.284 cartas topográficas na escala 1/25.000 e 197 cartas topográficas na escala 1/50.000 do Estado da Bahia, além de uma base vetorial contínua da área compreendida pelo projeto, seguindo as Especificações Técnicas para Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV). O trabalho é pioneiro no Brasil, permitindo a elaboração de uma base cartográfica digital contínua que segue o recorte ao milionésimo, ou seja, abrange uma área maior do que o formato tradicional de folhas individualizadas determinadas para cada escala.

Leia mais aqui.

Veja também

Geo e Legislação

Edmilson Volpi: A Galeria de Mapas do Vaticano

A pandemia foi um duro golpe no turismo mundial, impedindo que milhões de pessoas visitem locais de interesse por todo o planeta. Uma boa hora, então, para um passeio virtual por um dos espaços mais interessantes para a história da cartografia, conforme propõe Gonzalo Prieto em reportagem para o Geografia

Não perca as notícias de geoinformação