Com atraso de 24 horas, nanosatélite brasileiro é lançado no Cazaquistão

Imagem: INPE/UFSM/AEB

Uma falha técnica no foguete russo Soyuz atrasou em um dia o lançamento do nanosatélite brasileiro NanoSatC-Br2, o que acabou acontecendo nas primeiras horas desta segunda-feira (22), no cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. Principal missão do equipamento é monitorar uma anomalia magnética natural do Atlântico Sul provocada pelo desalinhamento dos centros magnético e geográfico da Terra e que atrapalha a captação de imagens e transmissão de sinais eletromagnéticos em uma determinada faixa do céu.

Leia mais aqui.

Veja também

Agro e Ambiental

Suspenso prazo para mudança de cadastro rural na divisa entre MT e PA

A pedido da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), o governo do MT suspendeu os prazos para migração dos cadastros dos produtores rurais localizados na região de divisa entre Mato Grosso e Pará. Sem a suspensão, os produtores com áreas na região teriam até dia 15 de

Não perca as notícias de geoinformação