Corrida espacial privada gera negócios e novas tecnologias na Terra

Jeff Bezos, fundador da Blue Origin, logo após desembarcar de seu voo de 10 min, semana passada (imagem: Blue Origin)

A recente corrida espacial proporcionada por três dos maiores bilionários do planeta – Jeff Bezos (Blue Origin), Elon Musk (SpaceX) e Richard Branson (Virgin) – traz muito mais do que espetáculo midiático, como o da semana passada, quando Bezos, dono da Blue Origin, realizou o primeiro voo tripulado de 10 minutos na sua nave reutilizável New Shepard (uma homenagem a Alan Shepard, primeiro americano a ir ao espaço).

No bojo da concorrência por essa nova fronteira de negócios, uma explosão de financiamento impulsiona startups de todo mundo a montarem a infraestrutura dessa jovem indústria. Paralelamente, a inovação tecnológica associada à atividade geoespacial já movimenta US$ 200 bilhões em produtos e serviços para uso na Terra, no espaço, na Lua ou em Marte. Avanços que vão desde melhorias nos satélites que sustentam a Internet a laboratórios que desenvolvem novos fármacos para tratamento de doenças como câncer, osteoporose e H1N1.

Leia mais aqui.

Veja também

Infra e Cidades

IBGE atualiza Base Cartográfica Contínua do país na escala 1:250.000

O IBGE apresentou, nesta quarta-feira (08), a quinta edição da Base Cartográfica Vetorial Contínua do Brasil (BC250), na escala 1:250.000, disponível em formatos livres (shapefile, geopackage e dump do PostGis) para utilização em Sistemas de Informação Geográfica (SIG). Lançada em 2013, a base é atualizada a cada dois anos e

Geo e Legislação

Geodireito é tema de podcast

Esta semana, o podcast Um papo sobre Geotecnologia foi com o diretor executivo do Geocracia, Luiz Ugeda. A conversa girou em torno de questões como a importância do censo para as pessoas e para gestão territorial e qual a intersecção entre Direito e Geotecnologia. Acompanhe a entrevista completa na janela

Não perca as notícias de geoinformação