Edmilson Volpi: A Galeria de Mapas do Vaticano

Impressionante mapa da Itália feito por Ignazio Danti, em 1585 (Wikimedia Commons)

A pandemia foi um duro golpe no turismo mundial, impedindo que milhões de pessoas visitem locais de interesse por todo o planeta. Uma boa hora, então, para um passeio virtual por um dos espaços mais interessantes para a história da cartografia, conforme propõe Gonzalo Prieto em reportagem para o Geografia Infinita. Trata-se da Galleria delle Carte Geograpiche, um salão do lado oeste do pátio Belvedere, no Vaticano, reaberto em 2016 após uma reforma para, logo em seguida, ter sua visitação inviabilizada pela covid-19.

Em 1580, o papa Gregorio XIII, nomeou o talentoso já famoso padre, matemático e geógrafo italiano Ignazio Danti como matemático papal. Além de usar seus serviços para modificar o calendário da época (adotando o gregoriano, que usamos até hoje), encomendou a ele também a decoração das paredes de um corredor de 120 metros de comprimento.

Leia mais:

A ideia de Danti foi usar o espaço como um retrato da própria cadeia montanhosa que domina o mapa italiano de norte a sul, os Apeninos. Assim, enquanto aprecia os 40 painéis idealizados e ricamente pintados por Danti, o visitante tem uma verdadeira experiência geográfica.

Com a ajuda de subordinados, Danti levou anos para concluir o espaço, que só ficou totalmente pronto em 1585, com mapas que retratam diversas regiões italianas, como Puglia, Lazio, Umbria, Toscana, Piemonte, Liguria, Lombardia e Emiglia Romana.

Conheça algumas das obras da Galeria na reportagem do Geografia Infinita.

Post Author: Geocracia