Edmilson Volpi: Direitos autorais cartográficos com lugares fictícios

Fonte: Governo do Azerbaijão

A maioria dos cartógrafos nega a inclusão das armadilhas cartográficas para apanhar ladrões, e existem muitas maneiras pelas quais os erros aparecem nos mapas (isso inclui “ruas de papel” planejadas pelos urbanistas e incluídas nas plantas, mas nunca realmente construídas). No entanto, na década de 1980, o vice-presidente da Thomas Brothers Maps revelou que a empresa espalhava ruas fictícias em torno de seus guias de Los Angeles. Para Bess Lovejoy, escritora e pesquisadora nos Estados Unidos, as armadilhas cartográficas não são protegidas por direitos autorais, desde que Alexandria Drafting Co. v. Amsterdam decidiu, em 1997, que “a existência ou não de uma estrada é um fato não protegido por direitos autorais”.

Conheça o texto transcrito para o português clicando aqui.

Edmilson M. Volpi é Engenheiro Cartógrafo e editor da página Curiosidades Cartográficas no Facebook e Instagram

Veja também

Não perca as notícias de geoinformação