Edmilson Volpi: Rússia, a figura (mais) perversa representada nos mapas satíricos

Fonte: The Avenger: Um mapa alegórico da guerra em 1877. Frederick Rose, domínio público.

Os mapas satíricos têm sido uma ferramenta poderosa de propaganda política, ao longo dos séculos. Utilizados por motivos de conflito ou tensão, eles são a representação gráfica de preconceitos e ideias pré-concebidas sobre como alguns estados veem os outros. Para Gonzalo Pietro, da Geografía Infinita, por meio desses mapas é possível perceber um claro viés de propaganda que sugere como a cartografia também foi utilizada como ferramenta de comunicação política. Graças a essas visualizações do século XIX, os autores conseguiram transmitir uma ideia geral das relações internacionais, sempre do ponto de vista do emissor.

Para acessar a tradução para o português, clique aqui.

Edmilson M. Volpi é Engenheiro Cartógrafo e editor da página Curiosidades Cartográficas no Facebook e Instagram

Post Author: ugeda