Fortaleza apresenta novas geotecnologias para mapear dados urbanos

A Prefeitura de Fortaleza, no Ceará, por meio da Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), conduziu, semana passada, no Paço Municipal, a 16ª edição do Fórum Adolfo Herbster, dedicado ao tema “Tecnologia, Informação e Cidade” em comemoração ao Dia Mundial do Urbanismo.

Durante o evento, foram anunciadas três inovações em geoinformação que serão implementadas na cidade nos próximos meses. A principal, denominada Pax, é uma ferramenta que consolidará todos os loteamentos e logradouros de Fortaleza em um único sistema, visando aprimorar a eficiência e agilidade nos processos. A tecnologia, apresentada pela titular da Seuma, Luciana Lobo, promete centralizar informações anteriormente dispersas, simplificando procedimentos que antes demandavam consulta em cartórios.

Gostou desta notícia? Clique aqui e receba na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

Ceará aposta em dados georreferenciados contra criminalidade
Perto do fim, questão territorial Piauí-Ceará incendeia Serra da Ibiapaba
Atlas Digital Costeiro do Ceará mapeia potencial da Economia Azul

Luciana Lobo enfatizou que o Pax contribuirá significativamente para acelerar projetos, estimando uma redução de até 100 dias em determinados processos. A secretária destacou ainda a transparência como benefício adicional, agilizando e fortalecendo as decisões relacionadas à gestão territorial.

Além disso, o evento abordou tecnologias de ponta utilizadas na produção de geoinformação da cidade, divididas em três painéis e quatro palestras. Os destaques incluem tópicos como “Cidade e o cadastro técnico multifinalitário”, “Cidade e infraestrutura de dados espaciais” e “Cidade e gestão territorial a partir do aerolevantamento”.

O aprimoramento e atualização do cadastro de loteamentos e logradouros foi um dos principais temas, ressaltando o uso de tecnologia para criar e manter um acervo digital com informações cartoriais, fotos aéreas e cartografias. A intenção é proporcionar aos cidadãos de Fortaleza um entendimento mais profundo das características urbanas, promovendo o debate entre o poder público, especialistas e a sociedade.

A tecnologia Pax, que será lançada em dezembro deste ano, promete revolucionar a gestão territorial, oferecendo um catálogo digital abrangente e facilitando pesquisas comparativas.

Com informações da Prefeitura de Fortaleza

Veja também

Geo e Legislação

Evento dia 28/04 debate papel da geoinformação nos órgãos de controle

Na próxima quarta-feira (28), às 15 horas, Fábio Lima Sampaio, coordenador de Cartografia e Geoprocessamento da SEI/Seplan Bahia; Morgana Bellazzi, presidente do Núcleo de Compliance do TCE/BA, e o advogado e geógrafo Luiz Ugeda, CEO da Geodireito e presidente da Comissão de Geodireito da OAB/SP, contam como as ferramentas Geo

Curitiba lança consulta pública para geolocalizar mobilidade por app

A prefeitura de Curitiba iniciou uma consulta pública online para definir o formato de um aplicativo que contemplará todos os meios de transporte na cidade. Este aplicativo, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), visa contratar uma solução que unifique diversos modais em uma única plataforma, incluindo a facilidade de

Não perca as notícias de geoinformação