Funai avança na gestão territorial

O Dia do Índio, celebrado no Brasil em 19 de abril
Imagem: Marcello Casal Jr. – Agência Brasil

Entre janeiro e março de 2021, a Funai já conseguiu analisar 135 processos de reconhecimento de limites de terras indígenas. Mesmo com o cenário adverso imposto pela pandemia, o montante de processos avaliados é 10% maior e o tempo de resposta 21% menor em relação ao mesmo período de 2020, revelando melhora de produtividade. O resultado pode ser creditado à Instrução Normativa nº 9/2020, publicada em abril do ano passado e que tem permitido solucionar conflitos fundiários, além de garantir maior segurança jurídica e agilidade aos processos.

Para o presidente da Funai, Marcelo Xavier, a IN 9/2020 representa um grande avanço não só para o órgão, mas para a gestão fundiária no país: “Com a normativa, só permanecem no Sistema de Gestão Fundiária (Sigef) as áreas indígenas homologadas por decreto presidencial. Isso traz segurança jurídica e contribui para pacificar os conflitos por território no campo”.

Leia mais aqui.

Veja também

Agro e Ambiental

Alagoas é o primeiro estado do Brasil com 100% de monitoramento meteorológico

Os municípios alagoanos vão poder contar com uma nova Rede de Monitoramento Meteorológico e Hidrográfico, composta por 60 novas estações. Foi para promover a interação de gestores públicos, órgãos de proteção e defesa civil com especialistas das áreas Meteorológica, Climatológica e Hidrográfica, que o secretário da Secretaria de Meio Ambiente

Não perca as notícias de geoinformação