Google Maps vai dar endereço a moradores de áreas remotas

Imagem: Pixeldieb – Pixabay

Durante o evento Search On, realizado na semana passada, o Google Maps anunciou uma nova ferramenta, o Address Maker, que, pelo uso de coordenadas geográficas, permite criar um ‘endereço virtual’ para quem mora em regiões remotas, como tribos indígenas, fazendas isoladas ou locais onde não existe um sistema de endereços.

O aplicativo, que será liberado para órgãos governamentais e organizações sem fins lucrativos, possibilitará a localização de qualquer pessoa com total precisão, ajudando a resolver problemas de apoio por entidades terceiras, como ambulâncias ou os próprios Correios, quando é preciso entregar correspondências.

Leia também:

A ferramenta pode ser a solução para moradores de zonas rurais no Brasil ou regiões onde os endereços são complicados de localizar. Governos e ONGs de Gâmbia, Quênia, Índia, África do Sul e Estados Unidos já estão usando o Address Maker. Durante o evento, inclusive, o Google apresentou uma comunidade Navajo, no deserto em Utah (EUA), sem endereço fixo e que enfrenta dificuldades para receber atendimento médico ou policial. Cada um dos moradores da tribo recebeu do Google Maps um endereço exclusivo que consegue identificar a pessoa, mesmo sem nome de rua ou número de casa.

Outra novidade do Maps é que o recurso que faz o mapeamento de queimadas e incêndios florestais, por enquanto em funcionamento apenas nos EUA, vai chegar a outros países e passar a fornecer mais informações sobre o tema. Agora, as áreas afetadas pelo fogo serão marcadas em vermelho nos mapas, com dados sobre a extensão dos danos e se o incêndio está ou não controlado. Serão ainda oferecidos links para autoridades locais, números de telefones de socorro, informações, orientações para evacuar áreas de risco e notícias relacionadas.

Fonte: Canaltech

Post Author: Geocracia