IDE-Sisema, de Minas Gerais, atinge 1,2 milhão de acessos

IDE-Sisema - Minas Gerais
IDE-Sisema usando camada Relevo – Mapeamento Geomorfológico escala 1:250.000 do IBGE (reprodução)

Infraestrutura de Dados Espaciais do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IDE-Sisema), de Minas Gerais, completou quatro anos de atividade e já acumula mais de 1,2 milhão de acessos de cerca de 200 mil usuários a partir de 1.400 cidades de 81 países. Criada para agregar em uma única plataforma uma grande quantidade de dados geoespaciais ambientais, a IDE-Sisema oferece mais de 550 camadas com dados dos mais diversos segmentos socioambientais, como hidrografia, cobertura vegetal, unidades de conservação, geologia, relevo, solo, clima, saneamento básico, fauna doméstica, educação ambiental, regularização e fiscalização ambiental.

Desenvolvida 100% dentro do Sisema, a plataforma aplica também tecnologias abertas e gratuitas. Em 2021, a IDE-Sisema inaugurou sua versão 2.0, o que permitiu, principalmente, a melhoria da infraestrutura tecnológica da ferramenta. Além disso, foram acrescidas diversas camadas ambientais, com destaque para as relacionadas à fauna doméstica e licenças ambientais emitidas.

Para 2022, o comitê gestor da plataforma quer oferecer novas camadas ambientais e disponibilizar metadados, o que irá viabilizar um maior potencial de compreensão e interação dos usuários com as informações publicadas. Outro objetivo para este ano é modernizar a documentação da IDE-Sisema, como normas, manuais, fluxo interno e externo de dados.

Leia também:

As informações da IDE-Sisema embasam diversos tipos de análises, permitindo a visualização das principais características ambientais existentes no território mineiro. O público externo e os analistas do Sisema podem usar as informações da plataforma para a regularização de empreendimentos, ações de fiscalização e de gestão ambiental, avaliação de alternativas locacionais, planejamento territorial e outros serviços ambientais no Estado. 

Raio-X territorial de Minas Gerais

“Essa ferramenta promove o fortalecimento da tomada de decisão baseada em parâmetros técnicos e auxilia tanto analistas do Sisema quanto da sociedade civil, e não só de Minas Gerais, mas de outros países do mundo que vêm utilizando a plataforma”, diz a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo.

“Com a IDE, conseguimos avanços significativos. Do ponto de vista dos analistas ambientais do Sisema, as informações concentradas na plataforma permitem uma análise muito mais qualificada do território, com mais possibilidades para entender as peculiaridades e tomar as melhores decisões, visando ao desenvolvimento sustentável. Já pelo lado dos empreendedores, é uma opção que reúne, em um mesmo dispositivo, uma série de informações para facilitar o planejamento”, afirma o subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Rodrigo Franco.

Já a diretora de Gestão Territorial Ambiental da Semad, Cecília Siman Gomes, destaca os ganhos resultantes do uso da IDE-Sisema: “O avanço da gestão descentralizada da IDE-Sisema vem permitindo uma maior agilidade na inclusão de dados e integração entre as diferentes casas do Sisema, fornecendo mais subsídios para o desenvolvimento de análises integradas do território”.

Fonte: Agência Minas

Veja também

Geo e Legislação

Maior floresta do mundo será monitorada por câmeras

Lançado com êxito há poucos dias, o satélite Amazonia 1 tem como uma das suas maiores missões impedir a devastação da maior floresta do mundo. Mas o feito, que coloca o Brasil em um seleto clube de 20 países que dominam o ciclo completo de satélites, tem objetivos mais abrangentes

Geo e Legislação

Juiz aceita dados de geolocalização como prova de horas extras

O artigo 22 do Marco Civil da Internet (Lei 12.965/2014) estabelece que a parte interessada em um processo poderá, com o propósito de formar prova em processo judicial cível ou penal, em caráter incidental ou autônomo, requerer ao juiz que ordene o fornecimento de registros de acesso a aplicações de internet. 

Não perca as notícias de geoinformação