Maior quilombo do país usa mapeamento digital para defender território

Imagem: reprodução Quilombo Kalunga

Com 300 anos e só metade do seu território oficialmente titulado, comunidade Kalunga, no norte de Goiás, usou georreferenciamento para monitorar a ocupação e os recursos naturais de suas terras. Mapeamento digital vai ajudar a reconhecer áreas sujeitas a invasões de grileiros e garimpeiros.

Leia mais aqui.

Veja também

Entrevistas e Artigos

Artigo: Vantagens do GIS no gerenciamento das obras de saneamento

Diogo da Fonseca Reis* Para garantir que os serviços de saneamento básico sejam acessíveis para toda a população, políticas públicas e investimentos que promovam a distribuição de água, a coleta de esgoto, a drenagem de águas pluviais e o manejo de resíduos sólidos devem ser realizadas de acordo com a

Não perca as notícias de geoinformação