‘Mandioca’, termo mais usado para a mais brasileira das raízes

mandioca
São pelo menos 17 nomes, mas, entre os mais usados, essa raiz brasileiríssima é mais conhecida como “mandioca”.

É o produto agrícola mais brasileiro de todos. Cultivado e amplamente consumido pelos índios, foi o primeiro com o qual os portugueses tiveram contato, no século 16. Essa raiz, no entanto, é conhecida por pelo menos 17 nomes, entre os quais, mandioca, inhame, aipim, macaxeira, castelinha, maniva, e uapi.

Para tirar isso a limpo, o Geocracia resolveu perguntar ao Google Trends qual, entre os nomes mais usados (‘mandioca’, ‘macaxeira’ e ‘aipim’) é o mais pesquisado no Google, em cada estado brasileiro. O resultado foi favorável à expressão mandioca, o mais buscado em 11 estados entre os mais populosos (RS, PR, SP, MG, MS, MT, GO, TO, RO, PA e AC) e o Distrito Federal. Macaxeira aparece em segundo lugar, sendo o mais pesquisado em 11 estados: quase todo o Nordeste (AL, SE, PE, PB, RN, CE, MA, PI), além do AM, AP e RR. Aipim é o mais buscado no RJ, ES e BA.

Leia também:

A lenda da origem da mandioca

O nome ‘mandioca’ vem do tupi, mani-oca. Seu significado ‘casa de Mani’ tem origem numa lenda que chegou até os nossos dias pela cultura oral indígena e, apesar das poucas variações, conta essencialmente uma bela história, retratada no livro de Luís Câmara Cascudo, Dicionário do Folclore Brasileiro.

Segundo essa lenda, Mani, uma bela menina muito branca teria falado e andado precocemente, morreu ao completar um ano, sem adoecer ou passar por qualquer sofrimento. Segundo a tradição de seu povo, ela teria então sido enterrada dentro de sua própria casa (oca). Algum tempo depois, sobre sua cova teria brotado uma planta desconhecida. Suas raízes, muito brancas, foram identificas pelos índios como o corpo de Mani. Passando por um período de fome, eles teriam aprendido a se alimentar da raiz, chamando-a de ‘mani-oca’.

Apesar de ser um tubérculo essencialmente brasileiro e uma de nossas maiores contribuições alimentares ao mundo, o Brasil é apenas o 4º maior produtor mundial de mandioca, que foi levada pelos portugueses para diversas partes do globo. Ficamos atrás da Nigéria, Tailândia e Indonésia. No Brasil, o Pará é o maior estado produtor, seguido do Paraná e da Bahia.

Fonte: Agrosaber e Degusta

Veja também

Infra e Cidades

Compass UOL mapeia estradas de mineração em tempo real

A Compass UOL, empresa especializada em transformação digital, inicia um trabalho com o uso da tecnologia SLAM – Localização e Mapeamento Simultâneos, desenvolvida com a utilização da Inteligência Artificial Generativa (Gen AI), como parte das ofertas da companhia. A tecnologia permite mapear estradas de mineração. Além disso, reconhecer obstáculos que

Não perca as notícias de geoinformação