Mapa de Hereford, a maior carta medieval conhecida

Mapa de Hereford
Mapa de Hereford – imagem: Wikipedia

Edmilson Volpi*

Confeccionado no fim do século XIII em um único pedaço de pele de bezerro, o Hereford Mappa Mundi sobreviveu a 700 anos e, hoje, é um dos mapas históricos mais importante do mundo.

Desde o início, o mapa foi projetado não para a navegação prática, mas como uma inspiradora obra de arte. Seguindo a tradição medieval, o mapa circular mostra o mundo conhecido com Jerusalém ao centro. Em alguns lugares, ele é surpreendentemente preciso; em outros, completamente equivocado. Os textos para a Europa e para a África, por exemplo, estão trocados.

Leia também:

O mapa de Hereford também é cheio de curiosas anormalidades, desde animais misteriosos e cenas bíblicas até os fantasiosos e bizarros povos desconhecidos de terras distantes. Ao todo, o mapa inclui cerca de 500 ilustrações de pessoas, lugares, animais, cidades e vilarejos, incluindo 15 eventos bíblicos e oito da mitologia clássica.

Ele foi criado provavelmente em Lincolnshire ou em Yorkshire e esteve na posse da Catedral de Hereford por quase toda, se não toda sua vida. O seu layout é semelhante à de outros Mapa Múndi do período que sobreviveram, como o Mapa dos Saltérios no Museu Britânico, mas continua sendo um mistério de onde os cartógrafos originalmente retiraram sua inspiração. Os estudiosos que examinaram o Mapa de Hereford identificaram pelo menos uma dúzia de fontes para os textos e as descrições que aparecem no mapa.

Ele pode ter sido inspirado por outro imenso Mapa Múndi conhecido como Mapa Ebstorf, que foi desenhado por volta de 1239 e era quase seis vezes maior que o mapa de Hereford. Embora existam cópias, o Mapa Ebstorf original foi destruído no bombardeio da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, deixando o Hereford, de 1,5m por 1,2m, como o maior mapa sobrevivente conhecido da época.

Ele está localizado na mesma catedral que a famosa Hereford Chained Library , uma das poucas bibliotecas ‘acorrentadas medievais que ainda existem e com a maior coleção de livros do gênero.

Veja aqui a publicação original, e a tradução, no Curiosidades Cartográficas

Edmilson M. Volpi é engenheiro Cartógrafo e editor da página Curiosidades Cartográficas no Facebook e Instagram

Veja também

Geo e Legislação

Edmilson Volpi: A verdadeira origem das bizarras fronteiras da Gâmbia

A Gâmbia, o menor país do continente africano, tem um formato diferente de qualquer outra nação do mundo. É longo e fino, com apenas 48 km de largura nos pontos mais largos. Parece que alguém tentou enfiar o dedo no Senegal, que circunda a Gâmbia por três lados. O único

Não perca as notícias de geoinformação