Musk oferece Starlink para monitorar Amazônia e prover Internet rápida à zona rural

Imagem: Starlink (reprodução)

Nos próximos dias, o bilionário Elon Musk, dono da SpaceX, deve vir ao Brasil para um encontro com o ministro das Comunicações Fábio Faria. O assunto é uma possível parceria para projetos de conectividade em áreas rurais, comunidades indígenas e locais remotos. Musk é dono da Starlink, programa de Internet rápida via satélite que poderia ser usado como solução para atender a Amazônia e fazer o monitoramento da região por satélite.

Como orbitam a Terra a altitudes até 60 vezes mais baixas que os equipamentos tradicionais, os satélites da Starlink conseguem enviar e receber dados mais rapidamente, proporcionando uma conexão muito veloz.

Leia também:

O projeto de Internet para zonas rurais e monitoramento da Amazônia é uma das pautas do Ministério das Comunicações, que tem recebido outras empresas de satélites de órbita baixa, entre elas a Oneweb, concorrente da Starlink.

Caso a proposta de Musk saia vencedora, o empresário afirma que já teria condições de disponibilizar o serviço até o fim do ano. Pelo sistema, cada usuário precisaria adquirir um kit com antena residencial e roteador por US$ 600, além de um registro de assinante por US$ 100.

Fonte:

Post Author: Geocracia