Observatório da Agropecuária Brasileira disponibiliza geoinformação gratuitamente

O Observatório da Agropecuária Brasileira , plataforma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que reúne dados e estatísticas sobre a produção agropecuária brasileira, bem como sobre as políticas públicas e as tendências do mercado, passou a disponibilizar seus dados gratuitamente. O app pode ser baixado gratuitamente.

O aplicativo mobile, disponível em sua primeira versão para sistema operacional Android, traz um conjunto de informações consolidadas de todos os painéis existentes no Observatório web: agricultura familiar, agropecuária sustentável e meio ambiente, aquicultura, assistência técnica, assuntos fundiários, comércio exterior, crédito rural, fertilizantes, indicações geográficas, pecuária, produtos agrícolas, recursos hídricos, solos (Pronasolos), zoneamento agrícola de risco climático e indicadores.

Leia mais:

O Observatório da Agropecuária Brasileira integra a geoinformação setorial

Ipaam lançou geoportal para fortalecer licenciamento ambiental no Amazonas

A regularização fundiária é a razão de existir do direito imobiliário

Assim como na versão web, o Observatório da Agropecuária mobile segmenta-se em dois modelos de apresentação de dados: a plataforma estatística e a geoespacial. A plataforma estatística integra informações de várias fontes e as disponibiliza por meio de dados numéricos, tabulares e representações gráficas acerca dos diversos temas abordados. Alguns painéis estatísticos também apresentam mapas ilustrativos. As consultas nos painéis estatísticos podem ser refinadas com filtros por período, estratificações a nível nacional, estadual e municipal, além de haver filtros específicos para cada tema.

A Plataforma Geoespacial é dedicada à integração de dados e informações territoriais, na qual dados geoespaciais podem ser visualizados e dispostos de acordo com a necessidade de análise e interpretação dos usuários. Está organizada em um ambiente de visualização de camadas, com relatórios quantitativos e ferramentas de interatividade acopladas. Com a possibilidade de sobrepor diversas camadas dos mais variados temas disponíveis no Observatório, a plataforma provê recursos fantásticos para ampliar a perspectiva espacial da agropecuária brasileira.

Com dados do Ministério da Agricultura e Pecuária

Veja também

Agro e Ambiental

Agro baiano investe na geolocalização para ganhar mercado internacional

Com apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB/Senar), a ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia) está realizando uma mobilização para que os produtores rurais baianos façam o cadastro da geolocalização de suas propriedades rurais. O objetivo é fazer com que a Bahia se torne

Não perca as notícias de geoinformação