Paraná: ICMS Ecológico agora tem ferramenta on-line georreferenciada

Em comemoração aos 30 anos do ICMS Ecológico do Paraná, o Instituto Água e Terra (IAT) lançou, nesta quinta-feira (21), uma ferramenta online georreferenciada, com dados do programa. De maneira interativa, a plataforma tem diversas opções de consulta e faz parte da política de transparência do Governo do Estado. – Curitiba, 21/10/2021 – Foto: SEDEST

O Programa ICMS Ecológico do Estado do Paraná acaba de ganhar uma ferramenta georreferenciada para que qualquer pessoa possa acompanhar em tempo real as informações sobre quanto é destinado aos municípios paranaenses e o motivo, conferindo transparência ao projeto de remuneração de municípios que preservam áreas de vegetação em Unidades de Conservação e abrigam mananciais de abastecimento público para a própria cidade e municípios vizinhos. 

Desenvolvida pelo Instituto Água e Terra (IAT), a ferramenta, que pode ser acessada aqui, possui um mapa interativo com gráficos, diversas opções de consulta e faz parte da política de transparência do governo do Estado. Apresenta ainda valores reais repassados aos municípios desde 1991, além de informações de áreas contempladas pelo ICMS por biodiversidade e por manancial.

Leia também:

A plataforma faz parte da estratégia de transformação digital do IAT, a exemplo do HidroinfoParaná, que, desde o ano passado, informa o nível dos rios do Estado em tempo real. Segundo o diretor de Políticas Ambientais da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e diretor do Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto, isso atende a necessidade de transparência. “É para que as pessoas compreendam como o recurso é destinado, para quem e de que forma ele é utilizado. Quando a população acessa o dashboard, vai saber quantas áreas verdes estão gerando ICMS Ecológico para o município”, diz, acrescentando que o acesso à informação também fomenta o interesse pela criação de mais áreas de preservação no Estado.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Veja também

Curitiba lança consulta pública para geolocalizar mobilidade por app

A prefeitura de Curitiba iniciou uma consulta pública online para definir o formato de um aplicativo que contemplará todos os meios de transporte na cidade. Este aplicativo, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), visa contratar uma solução que unifique diversos modais em uma única plataforma, incluindo a facilidade de

Não perca as notícias de geoinformação