PF usa imagens de satélite para desmontar garimpo ilegal no MT

Imagem: Polícia Federal (reprodução)

No âmbito das Operação Alfeu IV, a Polícia Federal desmontou, na última sexta-´feira (10), uma atividade de garimpo ilegal na região de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso, 400 km a oeste de Cuiabá. A ação, que contou com o apoio do IBAMA, FUNAI, Força Nacional, e Polícia Rodoviária Federal, utilizou imagens de alta resolução da constelação de satélites PLANET, do Programa Brasil MAIS (Meio Ambiente Integrado e Seguro), tecnologia que captura imagens diariamente e, graças a um algoritmo automatizado, detecta a ocorrência de desmatamentos e outras alterações em biomas.

Leia também:

Nesta quarta fase da Alfeu, estão sendo localizadas e inutilizadas escavadeiras hidráulicas, motores estacionários e toda a estrutura utilizada na atividade ilegal. Desde a primeira fase da Alfeu, em maio do ano passado, a PF já efetuou prisões e destruiu centenas de equipamentos e maquinários dos garimpeiros no Mato Grosso.

Fonte: Polícia Federal

Veja também

Agro e Ambiental

Maior quilombo do país usa mapeamento digital para defender território

Com 300 anos e só metade do seu território oficialmente titulado, comunidade Kalunga, no norte de Goiás, usou georreferenciamento para monitorar a ocupação e os recursos naturais de suas terras. Mapeamento digital vai ajudar a reconhecer áreas sujeitas a invasões de grileiros e garimpeiros. Leia mais aqui.

Geo e Legislação

Portugal: Lançada GEO.ANACOM, plataforma de geoinformação do setor de comunicações

A ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações lançou, semana passada, o Portal Público GEO.ANACOM, uma plataforma geoespacial que permite aos seus utilizadores acessar a um conjunto de informação georreferenciada sobre o setor de comunicações eletrónicas e dos serviços postais. O Portal Público disponibiliza um vasto conjunto de camadas de informação

Não perca as notícias de geoinformação