Portugal: Lançada GEO.ANACOM, plataforma de geoinformação do setor de comunicações

A ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações lançou, semana passada, o Portal Público GEO.ANACOM, uma plataforma geoespacial que permite aos seus utilizadores acessar a um conjunto de informação georreferenciada sobre o setor de comunicações eletrónicas e dos serviços postais. O Portal Público disponibiliza um vasto conjunto de camadas de informação geográfica relativas ao setor.

O principal destaque é dado à funcionalidade de mapeamento de coberturas de rede. Esta funcionalidade permite a consulta das coberturas das redes fixas, móveis e de satélite, disponíveis num determinado ponto ou morada no território nacional. Com um simples clique num ponto no mapa, o utilizador pode aceder a informações detalhadas sobre as redes, os operadores, as tecnologias e velocidades de Internet aí disponíveis. Assim, com esta funcionalidade, será possível saber que operadores têm rede ou oferecem serviços no local onde vive, trabalha ou passa férias. Pode ainda verificar se pode fazer uma chamada, enviar SMS ou MMS ou qual a velocidade máxima de Internet disponível no ponto selecionado.

Clique aqui e receba notícias na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

Já em órbita, nanossatélite da UnB vai pesquisar comunicações

Opinião: Tecnologia da informação deveria ter governança como a eletricidade

Mapa mostra antenas 5G nas 315 cidades com cobertura no Brasil

A informação constante na funcionalidade de coberturas resulta dos dados reportados pelos operadores de redes de serviços de comunicações eletrónicas, em cumprimento do Decreto-Lei n.º 40/2022, de 6 de junho, e conforme as especificações técnicas definidas na Portaria n.º 77/2023, de 14 de março, sendo atualizada trimestralmente.

Para além das coberturas, poderá consultar um conjunto de temas, nomeadamente, Planejamento e Gestão do Espectro, Monitorização e Fiscalização do Espectro, Serviços Postais, Estatísticas e Mercado e Infraestruturas. Estes grupos incorporam várias subcamadas de informação georreferenciada, provenientes da ANACOM ou obtidas junto dos operadores, sendo contínua e dinamicamente atualizadas, assemelhando se a um living atlas em constante evolução.

Com informações da ANACOM

Veja também

Não perca as notícias de geoinformação