Portugal quer digitalizar oceano para desenvolver economia azul

Imagem: Free Photos – Pixabay

O governo português quer retomar a vocação do país para a indústria do mar, atividade que perdeu importância relativa após a entrada do país na União Europeia. Uma das iniciativas para dinamizar o setor é a digitalização e disponibilização de dados do fundo do mar e da coluna d’água no portal nacional de dados abertos da Administração Pública. Isso permitiria a que a sociedade acompanhasse o desenvolvimento dos projetos ligados à biotecnologia azul, à engenharia oceânica, à pesca, a novas formas de aquacultura, energias renováveis e a outros setores ligados aos recursos marinhos, que podem se converter em grandes oportunidades.

Leia mais aqui

Veja também

Agro e Ambiental

Bahia georreferenciará Chapada Diamantina com recursos do PNUD

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) da Bahia firmou Acordo de Cooperação Técnica para elaboração do Plano Regional de Pagamento por Serviços Ambientais – PSA do Alto Paraguaçu/Chapada Diamantina. O convênio acontece em parceria com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia – SEI, por meio da cooperação

Não perca as notícias de geoinformação