Rio e MIT digitalizam Rocinha para registrar imóveis em blockchain

Imagem: Guertzen – Pixabay

A Prefeitura do Rio de Janeiro e o Senseable City Lab, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), estão trabalhando em conjunto para digitalizar todas as ruas da comunidade da Rocinha, a maior favela do Brasil, com mais de 25 mil residências. A ideia é facilitar o acesso a serviços públicos, como coleta de lixo, água e energia elétrica, mas, no futuro, o mapa digital poderá servir de base para o registro de propriedades usando blockchain.

Leia aqui.

Veja também

Entrevistas e Artigos

O caso Light: tolerância ilimitada a ligações clandestinas cobra seu preço

A Light informou, em 12 de maio, que entrou com pedido de recuperação judicial na 3ª Vara Empresarial do Estado do Rio de Janeiro em caráter de urgência, citando dívidas de cerca de R$ 11 bilhões. Independentemente da motivação, ou mesmo de possíveis críticas a gestão da empresa que possam

Não perca as notícias de geoinformação