Shenzhen mostra como usar informações espaciais para impulsionar transformação digital

Imagem: buihuy89 – Pixabay

Em artigo para o Hong Kong Economic Journal, a professora adjunta do Departamento de Ciência da Computação da Faculdade de Engenharia e do Departamento de Geografia da Universidade de Hong Kong Winnie Tang avalia a iniciativa da Prefeitura de Shenzhen, no sudeste da China. A cidade possui uma plataforma de dados abertos com 24 mil itens, o que valeu o primeiro lugar no China Open Data Index de 2020 e o melhor nível de utilização.

Leia mais aqui.

Veja também

Infra e Cidades

Compass UOL mapeia estradas de mineração em tempo real

A Compass UOL, empresa especializada em transformação digital, inicia um trabalho com o uso da tecnologia SLAM – Localização e Mapeamento Simultâneos, desenvolvida com a utilização da Inteligência Artificial Generativa (Gen AI), como parte das ofertas da companhia. A tecnologia permite mapear estradas de mineração. Além disso, reconhecer obstáculos que

Não perca as notícias de geoinformação