SP AGRO: Rotas Rurais vira lei e determinará endereçamento digital rural

O governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, anunciou nesta sexta-feira (24/11), a sanção da Lei 555 de autoria do deputado estadual Lucas Bove, que torna oficial o programa Rotas Rurais, como endereçamento digital da área rural paulista.

O pronunciamento faz parte do maior pacote já lançado de ações para o agro paulista, o SP AGRO. O plano de ações, anunciado pelo governador e pelo secretário de Agricultura, Guilherme Piai, no Palácio dos Bandeirantes, tem como objetivo alavancar o setor, que está cada vez mais forte, tecnológico e sustentável.

Gostou desta notícia? Clique aqui e receba na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

App geolocaliza mais de mil imóveis rurais de Araraquara
Govsummit 2023 reuniu em Brasília especialistas para debater geotecnologia e sustentabilidade
Goiás lança Mapa Rodoviário Estadual 2023 em versão para Google Earth

“Sancionar esta lei, tem tudo a ver com a dignidade. As pessoas precisam do CEP e o CEP do campo vai ser dado pelo Rotas Rurais. Nossos produtores não vão mais ficar esquecidos. Será mais fácil a ambulância chegar, será mais fácil o transporte escolar chegar”, destacou o governador.

O Endereço Rural Digital (ERD) funciona como uma espécie de CEP rural personalizado, por meio da ferramenta PLUS CODE, do Google, que localiza com precisão a entrada de cada propriedade ou estabelecimento rural. 

Além do endereço codificado, a plataforma disponibiliza mapas logísticos e roteadores interativos que permitirão a localização das rotas de acesso às propriedades.

“Toda propriedade rural vai ter um CEP, isso é dignidade, inclusão. Quantas mulheres sofreram violência doméstica na pandemia e era difícil encontrar a propriedade delas, uma ambulância no campo, que demora para encontrar a propriedade”, questionou o secretário, Guilherme Piai.

O objetivo do Rotas Rurais, além de trazer integridade ao produtor, o “colocando no mapa”, o que vai facilitar o trabalho de um modo geral, seja no recebimento de insumos ou no envio de suas mercadorias.

“O que o produtor rural mais precisa é de endereço! Agora, temos endereçamento rural digital. O programa já existia e só precisava virar lei, e foi isso o que fizemos.O Programa leva cidadania ao campo mediante o estabelecimento de rotas de localização”, ressalta o deputado estadual Lucas Bove.

Desde que foi lançada, a iniciativa já cadastrou o endereço de mais de 291 mil propriedades rurais e colocou no mapa mais de 57 mil quilômetros de estradas rurais. Programa conceituado e premiado no “Excelência no uso de Location Intelligence na Gestão Pública”, no Gov Summit 2023 e no Eu Esri 2022.

PROTOCOLO DE INTENÇÕES CREA/SP

Durante o SP AGRO, realizado no Palácio dos Bandeirantes, também ocorreu a assinatura do Protocolo de Intenções entre a Secretaria de Agricultura e  o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA/SP), que prevê a efetiva implementação do Programa de Regularização Ambiental (PRA), acelerando o planejamento ambiental e econômico do uso e ocupação do imóvel rural. Produtores ambientalmente regularizados têm benefícios diretos no mercado, seja para a obtenção de linhas de crédito, seja para abertura de novos mercados, principalmente, internacionais.

Por Governo do Estado de São Paulo

Veja também

Entrevistas e Artigos

Sen. Leila Barros: IBGE, Inep e Ipea precisam da mesma autonomia das agências reguladoras

Autora da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 27, de 2021, que propõe transformar em instituições permanentes de Estado as entidades responsáveis pela produção das estatísticas nacionais, das avaliações nacionais da qualidade da educação e das avaliações das políticas públicas, a senadora Leila Barros (Cidadania – DF) concedeu entrevista

Entrevistas e Artigos

Meninas da Geo: O mercado Geo na Amazônia está bem aquecido

A professora do Instituto Federal do Pará (IFPA), campus Castanhal, Tatiana Pará Monteiro de Freitas foi eleita recentemente como uma das lideranças em ascensão pelo evento Geospatial Word 50 Rising Star. Líder das Meninas das Geotecnologias, ela é a única brasileira em uma publicação composta por 50 jovens lideranças de 30

Não perca as notícias de geoinformação