TCE-RO é o 1º tribunal a aderir à INDE

O Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) confirmou a adesão à Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE), que reúne instituições públicas produtoras e usuárias de geoinformação. O processo de adesão do inclui a instituição nesse universo, facilitando o intercâmbio de dados, a troca de conhecimentos e o compartilhamento de tecnologias com tais organizações.

A INDE é um conjunto de tecnologias, políticas, mecanismos, procedimentos de coordenação e monitoramento, padrões e acordos necessários para facilitar a geração, armazenamento, acesso, compartilhamento, disseminação e uso dos dados geoespaciais de origem federal, estadual, distrital e municipal. Foi concebida com o propósito de catalogar, integrar e harmonizar dados geoespaciais produzidos ou mantidos e geridos nas instituições de governo brasileiras, para que possam ser facilmente localizados, explorados em suas características e acessados por qualquer usuário com acesso à internet.

Gostou desta notícia? Clique aqui e receba na hora pelo WhatsApp

Leia mais:

TCE-RS vai fiscalizar obras públicas com imagens de satélite
Auditores do TCE/BA estudam usar drones para fiscalizar obras públicas
TCE-PR fiscalizou via satélite obras do aeroporto de Maringá

A disponibilização, compartilhamento e acesso a dados e informações geoespaciais e serviços relacionados se realizam mediante uma rede de servidores integrados à internet, denominada Diretório Brasileiro de Dados Geoespaciais (DBDG). O TCE-RO agora integra esse diretório e está no catálogo de geosserviços do DBDG.

A adesão do TCE-RO à Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais envolve regras de interoperabilidade que garantem a distribuição e o uso, bem como padrões que garantem a qualidade dos dados. Isso contribuirá com a qualidade dos produtos gerados no Tribunal, incluindo o portal TCGEO RO.

Conheça a INDE: https://inde.gov.br/


Catálogo de geosserviços do DBDG: https://inde.gov.br/CatalogoGeoservicos


Geoportal TCGEO RO: https://tcgeo.tcero.tc.br/

Veja também

SinBiose/CNPq lança base inédita de geoinformação sobre a Amazônia

Pesquisadores do Centro de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (SinBiose/CNPq) publicaram nesta quinta-feira (2/2) a base de dados Trajetórias, na revista Scientific Data, do grupo Nature. A base reúne 36 indicadores ambientais, socioeconômicos e epidemiológicos referentes ao período de 2000 e 2017 para todos os 772 municípios de nove estados da

Não perca as notícias de geoinformação